Beber suco de frutas está associado à obesidade

Há uma grande diferença entre os efeitos das frutas sobre a saúde e os do suco de frutas .

Embora a fruta inteira tenha poucas calorias e seja uma boa fonte de fibras, o mesmo não é necessariamente verdadeiro para o suco de fruta.

No processo de fabricação do suco, o suco é extraído da fruta, deixando para trás sua fibra benéfica e fornecendo uma dose concentrada de calorias e açúcar.

As laranjas são um ótimo exemplo. Uma pequena laranja (96 gramas) contém 45 calorias e 9 gramas de açúcar, enquanto 1 xícara (237 ml) de suco de laranja contém 134 calorias e 23 gramas de açúcar.

Alguns tipos de suco de fruta contêm até açúcar adicionado, aumentando ainda mais o número total de calorias e açúcar.

Cada vez mais pesquisas mostram que beber suco de frutas pode estar relacionado à obesidade, especialmente em crianças.

Na verdade, a Academia Americana de Pediatria recomendou recentemente o uso de suco de frutas para crianças menores de 1 ano.

Um estudo com 168 crianças em idade pré-escolar descobriu que beber 12 onças (355 ml) ou mais de suco de frutas por dia estava associado a baixa estatura e obesidade.

Outros estudos descobriram que beber bebidas adoçadas com açúcar, como suco de frutas, está associado ao ganho de peso e obesidade.

Em vez disso, experimente trocar o seu espremedor por um liquidificador e faça smoothies, que retêm a fibra benéfica encontrada nas frutas.

Leia também: Drenefort funciona?

No entanto, comer frutas inteiras ainda é a melhor opção para maximizar a ingestão de nutrientes.

RESUMO:O suco de fruta é rico em calorias e açúcar, mas pobre em fibras. Beber suco de frutas tem sido associado a ganho de peso e obesidade.

Frutas secas devem ser apreciadas com moderação

Alguns tipos de frutas secas são bem conhecidos por seus benefícios à saúde.

Por exemplo, as ameixas têm um efeito laxante que pode ajudar a tratar a constipação, enquanto as tâmaras têm propriedades antioxidantes e antiinflamatórias potentes.

As frutas secas também são altamente nutritivas. Eles contêm a maioria das mesmas vitaminas, minerais e fibras encontradas em frutas inteiras, mas em um pacote muito mais concentrado porque a água foi removida.

Isso significa que você consumirá uma quantidade maior de vitaminas, minerais e fibras ao comer frutas secas, em comparação com o mesmo peso de frutas frescas.

Infelizmente, também significa que você consumirá um número maior de calorias, carboidratos e açúcar.

Por exemplo, meia xícara (78 gramas) de damasco cru contém 37 calorias, enquanto meia xícara (65 gramas) de damasco seco contém 157 calorias. Os damascos secos contêm quatro vezes mais calorias por volume, em comparação com os damascos crus.

Além disso, alguns tipos de frutas secas são cristalizadas, o que significa que os fabricantes adicionam açúcar para aumentar a doçura. Frutas cristalizadas têm ainda mais calorias e açúcar, e devem ser evitadas em uma dieta saudável.

Se você estiver comendo frutas secas, certifique-se de procurar uma marca sem adição de açúcar e monitore o tamanho da porção para ter certeza de não comer demais.

RESUMO:Frutas secas são muito nutritivas, mas também têm mais calorias e açúcar do que as variedades frescas, portanto, moderar suas porções.

Quando limitar a ingestão de frutas

A fruta é um suplemento dietético saudável para a maioria e pode ajudar a aumentar a perda de peso. No entanto, algumas pessoas podem querer limitar a ingestão de frutas.

Intolerância à frutose

Como as frutas podem ser ricas em frutose, as pessoas com intolerância à frutose devem limitar sua ingestão.

Embora a quantidade de frutose encontrada nas frutas não seja prejudicial para a maioria das pessoas, a absorção da frutose é prejudicada nas pessoas com intolerância à frutose. Para essas pessoas, consumir frutose causa sintomas como dor abdominal e náuseas.

Se você acredita que pode ser intolerante à frutose, converse com seu médico.

Com uma dieta cetogênica ou com muito baixo teor de carboidratos

Se você estiver fazendo uma dieta com muito baixo teor de carboidratos ou cetogênica, também pode precisar restringir a ingestão de frutas.

Isso ocorre porque é relativamente rico em carboidratos e pode não se enquadrar nas restrições de carboidratos dessas dietas.

Por exemplo, apenas uma pequena pêra contém 23 gramas de carboidratos, o que já pode exceder a quantidade diária permitida em algumas dietas com restrição de carboidratos.

RESUMO:Aqueles que têm intolerância à frutose ou estão em uma dieta cetogênica ou com muito baixo teor de carboidratos podem precisar restringir a ingestão de frutas.

Além disso, seu alto teor de fibra e água o torna muito satisfatório e suprime o apetite.

Mas experimente comer frutas inteiras em vez de suco de frutas ou frutas secas.

A maioria das diretrizes recomenda comer cerca de 2 xícaras (cerca de 228 gramas) de frutas inteiras por dia.

Para referência, 1 xícara (cerca de 114 gramas) de fruta é equivalente a uma pequena maçã, uma pêra média, oito morangos grandes ou uma banana grande.

Por fim, lembre-se de que a fruta é apenas uma peça do quebra-cabeça. Coma junto com uma dieta saudável em geral e pratique atividades físicas regulares para conseguir uma perda de peso duradoura.